Finalmente aqui estou eu para trazer a vocês a 3ª e última parte do meu post sobre Gorillaz. Explicarei um pouco sobre a trajetória dos personagens, a evolução musical e várias outras coisinhas sem importância nesse mundinho em que nós vivemos… Pois bem, como os próprios criadores Damon Albarn e Jamie Hewlett contaram por meio de extras, documentários e entrevistas a história da banda é dividida em partes sendo que atualmente estamos no início da 4ª parte da história da banda.

Gorillaz – A Trajetória desde 1998 até os dias de hoje.

Primeira Fase: Celebrity Takedown (1998-2003)

E imagem mais icônica da banda, a capa do primeiro álbum “Gorillaz”.

Celebrity Takedown representa mais ou menos tudo aquilo que eu disse nos outros 2 posts, conta como Murdoc conheceu 2D após os acidentes, como Russell teve as almas dos seus amigos aprisionadas dentro do seu corpo e como Noodle foi parar dentro de uma caixa na porta da Kong Studios. Essa primeira fase acaba apenas com o sucesso repentino do primeiro álbum a banda resolveu se separar um tempo pra “respirar”… Sem contar com todos os zumbis e fantasmas rondando o estúdio (u.u’).

Segunda Fase: Slowboat To Hades (2004-2006)

1920x1080_windmill-island-colour-HD-Wallpaper

A Ilha Flutuante do Moinho.

Durante esse hiato, cada membro da banda tomou um caminho diferente. Murdoc foi pro México pra se embebedar, mas acabou sendo preso em Tijuana por passar cheques falsos (sem comentários -.-). Ele fez amizade com os presos que eventualmente o ajudaram a escapar da prisão. 2D voltou pra casa na Inglaterra para trabalhar com o seu pai e acabou descobrindo os prazeres que a fama traz… Já Russel vagou pelos Estados Unidos exorcisando os espíritos dos seus amigos do seu corpo, um por um, até mesmo o Del, deixando Russell mentalmente e espiritualmente exausto, o transformando apenas em uma sombra do homem que ele já foi um dia (=/). Enquanto isso, Noodle viajou para o Japão para descobrir toda aquela história do seu passado, sobre ser um experimento do governo e, como ela encontrou o seu mentor, ela foi a primeira a voltar ao estúdio e começar os projetos para o segundo álbum da banda, o “Demon Days” (na minha opinião, o melhor de todos). Mas na gravação do clipe “El Mañana” durante o ataque dos helicópteros, Noodle não conseguiu acionar os paraquedas a tempo, fazendo com que nada além de mechas do seu cabelo fossem achadas nos destroços da ilha (T_T).

 

Terceira Fase: Fuga para Plastic Beach (2007-2010)

ENT_gorillaz

Capa do último álbum dos Gorillaz “Plastic Beach”, como Murdoc descreveu: “Um paraíso de plástico perfeito…”

Murdoc resolve achar um novo estúdio para a banda fazer um novo álbum e como a banda não podia ficar sem a sua guitarrista, ele então resolve ir ao lugar do acidente para coletar o DNA do cabelo da Noodle achado nos destroços e construir um clone para substituí-la. Assim nasce Cyborg Noodle, especialista em vários tipos de artes marciais (assim como a sua predecessora) e também em armas, mas diferente da natureza calma de Noodle, Cyborg Noodle foi programada para tomar ações sem hesitar. Em umas das suas viagens, Murdoc descobre uma pequena ilha no meio do Pacífico, feita de todos os dejetos que as pessoas jogam no mar. Era o lugar perfeito para a nova base e novo estúdio da banda, uma pequena ilha rosa feita de plástico. Murdoc não sabia como fazer para levar 2D até lá, então ele fez um pacto com um demônio chamado BoogieMan (o Bicho Papão) para levá-lo a ilha. Russel andava desaparecido e por isso eles aceitaram a ajuda de vários outros músicos para realizar o álbum, dentre eles Snoop Dogg e a banda The Clash. A turnê não foi muito bem para eles, pois Damon Albarn (a voz por trás dos Gorillaz) monopolizou todos os show da turnê, deixando os nossos queridos personagens trancafiados no camarim (XD). Depois disso eles resolveram retornar para a Ilha de Plástico, mas acabam se metendo numa perseguição de carro com ninguém menos que Bruce Willis no vídeo da música “Stylo”. Enquanto isso, Russel ficou sabendo do paradeiro da banda por causa da turnê e foi atrás deles através do oceano.

 

Russell salva Nooddle no clipe da música “On Melancholy Hill”.

Mas, de repente, temos uma reviravolta na história, pois um cruzeiro no meio do mar está sendo atacado pelo governo japonês a procura de uma fugitiva, isso mesmo… 4 anos se passaram e descobrimos que Noodle está VIVA! Ela conseguiu fugir a salvo da explosão e estava em uma missão para se reencontrar com seus antigos parceiros de banda, mas parece que a sorte não estava ao seu lado, pois os aviões destruíram o cruzeiro e ela estava a deriva em um pequeno bote salva-vidas, esperando a morte chegar.. Quando ela é salva por Russell que estava GIGANTE, pois ele bebeu a água suja do mar que estava tóxica e acabou adquirindo esta mutação. Enquanto isso na Ilha de Plástico, Murdoc, 2D e Cyborg Noodle estavam sendo atacados pelo BoogieMan e seu exército fantasmagórico, pois Murdoc não cumpriu com a sua parte do pacto (só podia ser -.-), mas logo depois Russel e a verdadeira Noodle chegam na ilha e acabam com a batalha…

Essa é a pegada do disco, um pouco menos hip-hop ou rock e mais eletrônica, mais artificial, mais plástica..

Quarta Fase: Do Ya Thing (2012)

ecH5K

Imagem promocional do single “Do Ya Thing”.

Depois de todos os incidentes, os quatro estavam finalmente juntos mais uma vez. Cyborg Noodle estava muito danificada e acaba atacando Murdoc, o seu criador, mas é salvo pela Noodle que destrói o que resta do robô. Assim a banda resolve voltar a Londres, se mudam para um prédio comum (o que é bem incomum tratando-se de Gorillaz) e que parece ter rolado uma festa daquelas. Vemos como foi o “day after” no clipe mais recente lançado pela banda: Do Ya Thing, uma parceria com Andre 3000 do Outkast, sendo que no final do vídeo eles recebem uma notificação de despejo do prédio, deixando o futuro dos Gorillaz incerto.

 

Foi muito trabalhoso reunir todas essas informações de várias fontes diferentes, então tomara que o trabalho tenha valido a pena. Espero que curtam os posts e se preparem, pois o Overdose Cultural ainda tem muito mais pela frente. Até ^^.

Anúncios