Aproveitando o dia de ontem, que foi o dia do blogueiro (Parabéns a todos nós, blogueiros *-*), pensei em fazer algum post… As ideias são muitas, mas a preguiça também, rs. Mas isso vai se ajeitando. Resolvi, então, fazer uma postagem num nível que não havia feito ainda… No melhor estilo NOTÍCIA. Venho por este, portanto, informar os queridos leitores que a partir de hoje serão adicionadas mais algumas categorias para que possam apreciar ainda mais o nosso blog! Algumas já estão definidas, outras nem tanto… Em breve estaremos disponibilizando mais. Espero que gostem.

Bom… Pensei em talvez redigir um texto sobre o novo CD da Madonna, o MDNA. Mas, como meu conhecimento é, de certa forma, escasso quando se trata da rainha do pop, aproveitei o lançamento do clipe de Girl Gone Wild para falar um pouco do que acho do novo trabalho dela, assim como expressar minha opinião a respeito dos clipes. Let’s get started…

Capa do MDNA, versão deluxe. Um arraso.

Madonna, após tanto tempo de sucesso, lança seu 12º álbum. Isso mesmo… Décimo segundo! E se você estava achando que artistas como Britney Spears e Rihanna tinham muitos álbuns, lide com isso. A rainha desce dos céus com todo o seu esplendor e promete arrasar nas paradas do mundo todo! Começando com seu primeiro single lançado do MDNA, Give Me All Your Luvin’. Madonna passa uma imagem de, LITERALMENTE, líder de torcida. Como o próprio clipe mostra, a juventude se apresenta de forma abundante, apesar de uns e outros concordarem que Madonna já não tem mais idade para tais feitos, rs. A música é divertida, contagiante e já está fazendo sucesso nas rádios! Além do mais, conta com a participação das cantoras Nicki Minaj e M.I.A, que, na minha opinião, deixam a música interessante e engraçada… Para quem gosta do estilo, é divertido escutar a música em volumes altos e aproveitar para dançar o máximo que puder! Muito brilho e informações que chamam bastante a atenção foram utilizados. E, claro, não podemos deixar de falar da mensagem que é passada logo no início do vídeo: fans can make you famous, a contract can make you rich, the press can make you a superstar, but only luv can make you a player (Fãs podem deixar-lhe famoso, um contrato pode deixar-lhe rico, a imprensa pode fazer de você um astro, mas apenas o amor pode fazer de você um jogador). Confiram então o clipe logo abaixo.

 

Logo após, mais recentemente, Madonna lança seu segundo clipe do MDNA: Girl Gone Wild. E, como o próprio nome já sugere, ela se entrega totalmente ao sexy, ao insano… À polêmica. Vamos combinar que o clipe é bem polêmico, considerando certos tipos de conservadores que possam talvez querer analisá-lo. As imagens que passam são chamativas, rápidas. Corpos masculinos enchem o vídeo de sensualidade… Mas, claro que não estaria completa a sensualidade sem os movimentos totalmente sedutores da rainha! Não sei se vocês perceberam, mas as roupas masculinas estão bem parecidas com alguns dos trajes utilizados no clipe de Alejandro, da Lady Gaga, assim como as imagens em preto e branco. Longe de mim dizer que foi cópia, antes que resolvam achar que eu disse que Madonna anda copiando a Gaga, haha, impossível. Só comentando mesmo, caso tenha passado despercebido. Até porque, tratando de elementos que existam nos clipes da Gaga, a intenção deve ser realmente ceder à loucura, já que em matéria de insanidade a Lady Gaga é perita, hahaha. E, realmente, às vezes a loucura é valorizada, dependendo da música e da imagem que se quer passar. Outra coisa interessante que acho válido comentar é que, ao assistir o clipe, o efeito que a música tem parece ser um pouco melhor do que simplesmente ouvindo-a. Pelo menos, li comentários sobre isso e achei o mesmo… Caso você não ache, a culpa realmente não é minha, rs. Deixo aqui também o novo clipe, Girl Gone Wild, informando-lhes que o áudio é bem baixo, mas dá para entender bem a música e conferir legal.

 

 

Tá aí então o que tenho a dizer a respeito dos clipes… Espero que tenham curtido. E até o próximo post!

Anúncios