Uma excelente surpresa, muito obrigado Fox. Só posso começar esse post dessa maneira, porque esse primeiro episódio de Touch foi sem sombra de dúvidas um dos melhores episódios de série que eu assisti nos últimos tempos.

 

 

A série conta a história de Bohm, um ex – jornalista, que perde sua mulher nos atentados de 11 de setembro e que possui um filho autista, Jake, esse que vê conexões entre as coisas, podendo rever o passado e prever o futuro, como é explicado nesse episódio. A série conta ainda com a presença de uma funcionária do serviço de proteção a criança, que num primeiro momento se mostra dura e credita a Bohm todos os “problemas” de Jake, mas que num segundo momento, depois de ver o que Jake faz, passa a ajudar Bohm a seguir o mapa (como é designado no próprio episódio) de Jake. O episódio piloto de Touch, ainda mostra ligações e conexões entre pessoas de diferentes partes do mundo, conexões essas que acrescentaram muito ao episódio. Com um final fantástico, Touch teve um excelente episódio piloto, vou acompanhar a série e espero que ela mantenha o ritmo e nos apresente mais episódios excelentes como esse.

Anúncios