O episódio contou a história do prisioneiro Sonny Burnett, que foi preso em Alcatraz por ser um seqüestrador. Mas ele voltou disposto a vingar – se de Helen, ela, no presente, é uma bem – sucedida empresária do ramo de cosméticos, mas no passado se envolveu com Sonny, que se apaixonou por ela e lhe revelou onde ele escondia o dinheiro pago no resgate das pessoas que ele seqüestrava, quando Sonny foi preso Helen pegou o dinheiro que ele havia guardado, o que o deixou em apuros em Alcatraz, como pode ser visto no episódio. Os flashbacks de Alcatraz serviram para mostrar a transformação de Sonny em um homem vingativo.

 

 

Hauser, Doc e a detetive Madsen estiveram muito bem, e resolveram o caso. Quem apareceu nesse episódio foi Tommy, parece que ele quer contato com Rebecca, será que é ele quem vai nos revelar os segredos que permeiam Alcatraz?

Por fim, o episódio não foi dos melhores, me decepcionei um pouco, porque a série vinha numa ótima sequência e nesse episódio os segredos e mistérios que envolvem Alcatraz foram quase que deixados de lado para dar destaque ao caso da semana.

Anúncios